Categorias

Páginas

Continua internada criança de um ano e oito meses que sofreu queimaduras com soda cáustica

- Por: Redacao Portal Guia Mais - - 14 de março de 2017 | - 07:41 - - Home » Agreste - - Sem Comentários

O caso que deixou a população indignada e rendeu inúmeros comentários nas redes sociais diante da crueldade envolvida no crime.

A criança de apenas um ano e oito meses que sofreu queimaduras no rosto depois de ter sido agredida pela patroa da mãe dela está internada no Hospital de Emergência do Agreste (UE), na área laranja, correspondente a uma pré UTI.

O crime ocorreu na cidade de Anadia, Agreste alagoano. Ana Luiza Caetano da Silva, 40 anos, trabalhava como vigilante escolar e tomava remédios controlados. Ela discutiu com Edvania da Silva, (mãe da criança), e funcionária da vigilante. Em seguida, comprou bebida alcoólica e soda cáustica e jogou tanto na mãe quanto na criança.

Populares informaram que ela foi transferida para outra unidade da cidade por agredir outras crianças no trabalho dela.

Ana Luiza foi atendida no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, após ter sido agredida pela população local. Porém morreu na unidade hospitalar.

Por: 7 Segundos , Redação

Deixe seu comentário ou dúvida que responderemos o mais breve possível.

Para: Continua internada criança de um ano e oito meses que sofreu queimaduras com soda cáustica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: