Categorias

Páginas

CRB aciona TJD e espera decisão para ter torcida no clássico

- Por: Redacao Portal Guia Mais - - 6 de abril de 2017 | - 08:04 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

Comandante do CPC diz que planejamento de segurança, por enquanto, é de torcida única, seguindo o acordo entre autoridades, clubes e FAF, no mês de março


(Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)

A polêmica sobre o clássico de torcida única ganhou novos capítulos nesta quarta-feira (5). CSA e CRB se enfrentam no próximo domingo (9), às 16h, no Estádio Rei Pelé, pela terceira rodada do hexagonal do Campeonato Alagoano. O Galo entrou com um mandado de garantia junto ao Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas para ter direito a 30% da carga de ingressos, para a torcida regatiana.

Segundo o advogado Mario Peixoto, que representa o CRB, o clube espera uma decisão do TJD ainda na noite desta quarta-feira. No mandado de garantia, o Galo argumenta que o CSA deixou de cumprir “artigo 49 § 6º do regulamento do Campeonato Alagoano de 2017 da primeira divisão e Regulamento Geral da Confederação Brasileira de Futebol em seu artigo 86 § 2º, que é de 30% (trinta por cento) conforme sempre ocorreu nos duelos entre as equipes”.

Em reunião no Tribunal de Justiça de Alagoas, dia 07 de março, representantes de ambos os clubes, a Federação Alagoana de Futebol, Tribunal de Justiça de Alagoas, Ministério Público do Estado de Alagoas, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Comando do Policiamento da Capital, assinaram uma ata, onde ficou definido que os clássicos no Campeonato Alagoano serão realizados com torcida única até a partida final, caso os clubes venham a se enfrentar nesta fase.

Na última terça (4), o presidente do CRB, Marcos Barbosa, afirmou à Rádio Correio que não recebeu nenhuma determinação judicial sobre a partida deste domingo ser com torcida única.

“Até agora não recebi determinação judicial nenhuma. Quando eu receber determinação judicial, aí eu tenho que cumprir ela. Até agora não recebi. Inclusive tem documento da Federação Alagoana de Futebol, que já me entregou que não tem determinação judicial. Determinação judicial a gente cumpre. Se vier cumprimento de determinação judicial, nós temos que cumprir. Se vier recomendação, aí não podemos cumprir recomendação. Só podemos cumprir determinação judicial”.

“Se a torcida correspondeu [ao pedido de paz], e não tem determinação judicial, o torcedor tem o direito de ir ao Estádio Rei Pelé”, completou na ocasião.

Em contato com o TNH1, por telefone, o Coronel Neyvaldo Amorim, comandante do Comando de Policiamento da Capital, informou que a polícia está planejando a segurança do clássico de acordo com o que ficou decidido em ata.

“Estamos fazendo planejamento conforme foi decidido no Tribunal de Justiça em ata assinada pelos clubes, pelo presidente do CRB, Marcos Barbosa, pelo presidente do CSA, Rafael Tenório, Federação, Polícia Militar, Ministério Público… Todos foram unânimes em dizer que o jogo do Campeonato Alagoano seria de torcida única no hexagonal. Todos concordaram nesse sentido. É um documento assinado, uma ata. Claro que a ata não é um decisão judicial, mas é um documento que foi homologado no Tribunal de Justiça. Está lá assinado por todo mundo”.

“Estamos trabalhando com a torcida única do time que é o mandante. Ficou acordado em reunião do Tribunal de Justiça. Passamos várias horas discutindo isso. É de se estranhar agora o posicionamento do CRB, dizendo que discorda, que não aceita. O documento foi assinado pelo presidente do CRB. É claro que não é uma decisão judicial, mas é uma decisão de consenso, recomendação do Ministério Público por questão de segurança”, pontuou.

Por meio da assessoria de comunicação, o Tribunal de Justiça explicou que o desembargador Celyrio Adamastor, que é vice-presidente do TJ e assinou a ata, está de férias e não teria como entrar em contato. A promotora Sandra Malta, representante do Ministério Público, disse ao TNH1 que vai se posicionar nesta quinta.

O CSA indicou que vai cumprir o acordo de torcida única e iniciou na última terça (4) a vendagem dos ingressos apenas para torcedores azulinos.

A reportagem tentou entrar em contato com o presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó, mas não teve as ligações atendidas. A assessoria da FAF informou que o dirigente está em Curitiba, onde acompanha o ASA no duelo com o Paraná, pela Copa do Brasil. Ainda de acordo com a assessoria, a FAF, por enquanto, não vai se pronunciar sobre a polêmica envolvendo torcida única.

por: Paulo Victor Malta/Tnh1

Deixe seu comentário ou dúvida que responderemos o mais breve possível.

Para: CRB aciona TJD e espera decisão para ter torcida no clássico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: