Categorias

Páginas

Polícia Civil faz nova perícia em ônibus que se acidentou em Juiz de Fora

- Por: Redacao Portal Guia Mais - - 31 de março de 2017 | - 08:41 - - Home » Zona da Mata - - Sem Comentários

Veículo passou por novo exame após motorista relatar problemas no freio.
Acidente ocorreu na segunda-feira (27) e deixou 24 feridos.


Ônibus envolvidos em acidente passaram por nova perícia da Polícia Civil (Foto: Larissa Zimmermann/G1)

A Polícia Civil de Juiz de Fora realizou nesta quinta-feira (30) a perícia nos dois ônibus que se envolveram em um acidente, que deixou 24 pessoas feridas, na Avenida Juscelino Kubitschek, em Juiz de Fora. A nova perícia foi solicitada após depoimento do motorista, de um dos veículos.

De acordo com o delegado Samuel Neri, que atua na 3ª Delegacia, ele alegou que o sistema de freios não funcionou. Por isso, foi instaurado um procedimento preliminar de investigação, onde as vítimas serão intimadas a comparecer na delegacia. No entanto, o inquérito só será instaurado se alguma vítima se manifestar, uma vez que o crime é de ação penal pública, condicionada à representação.

Ainda segundo informações da Polícia Civil, se não forem constatadas irregularidades, os veículos serão liberados para que sejam consertados e retornem à circulação. A próxima etapa das investigações será a oitiva das vítimas para que os fatos sejam esclarecidos.

Há confirmação de uma vítima ainda internada. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, a mulher de 32 anos foi transferida nesta quinta-feira (30) para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral e Maternidade Therezinha de Jesus.

Acidente
O coletivo da linha 741, que atende o distrito de Valadares, estava saindo de um ponto de ônibus próximo ao Colégio Militar quando o coletivo da linha 740, do Bairro Humaitá, perdeu o controle da direção e bateu na traseira.

A Viação São Francisco é a responsável pelos veículos envolvidos no acidente. O gerente de operação do Consórcio Via JF, do qual a empresa faz parte, José Roberto Baganha Ribeiro, explicou que os dois ônibus estão na garagem. “Eles permanecem à disposição da Polícia Civil para qualquer procedimento. Após serem liberados para a empresa, faremos a nossa apuração interna”, disse.

O relato inicial do motorista é de que houve problemas nos freios. Segundo Baganha, os veículos estão dentro do prazo para circulação e foram revisados recentemente.
“Os dois carros têm data de carroceria de 2009 e estão com a revisão em dia. O veículo que perdeu o freio passou por revisão em 17 de março deste ano e todo plano de manutenção está à disposição da Polícia Civil”, explicou.

Ele também explicou que a corretora foi acionada para o atendimento aos feridos e que outros ônibus foram direcionados para fazer os horários dos veículos envolvidos no acidente, que não têm previsão de voltar às ruas.

Outros acidentes
Problemas nos freios foram apontados como a causa de outros três acidentes envolvendo ônibus urbanos entre 2015 e 2016.

Em março de 2015, um ônibus atingiu a parede de uma casa na na Rua Nestor Campos, Bairro Vila Esperança II. Duas pessoas precisaram de atendimento médico. Segundo passageiros, o coletivo da linha 735, do Bairro Vila Esperança II, teria parado em um ponto para desembarque na subida quando perdeu o freio e desceu um trecho, subindo na calçada e atingindo uma casa.

Em 13 setembro de 2016, um ônibus desceu uma ribanceira na Rua José Ribeiro Sobrinho e caiu em uma casa em construção no Bairro Vila Esperança. Dezenove pessoas ficaram feridas. Segundo a polícia, o motorista contou que o veículo perdeu o freio no alto da rua, bateu no gradil e só parou na construção que fica na rua de baixo. A mesma casa voltou a ser atingida em janeiro deste ano, desta vez, por um caminhão desgovernado.

Quase uma semana depois, em 19 de setembro, um ônibus urbano atingiu uma idosa de 78 anos e casas no Bairro Bairu. De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista de 48 anos parou o ônibus da linha 214 no ponto na Rua Professor Francisco Faria para a idosa de 78 anos descer. Ao reiniciar o deslocamento, percebeu que o sistema de freio falhou. Então, ele virou a direção para cima do passeio na intenção de parar.

Por:  G1 MG

Deixe seu comentário ou dúvida que responderemos o mais breve possível.

Para: Polícia Civil faz nova perícia em ônibus que se acidentou em Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: