Categorias

Páginas

Sem citar números, Padre Eraldo faz balanço de seus primeiros 100 dias à frente da gestão municipal

- Por: Marcos Maciel - - 12 de abril de 2017 | - 08:09 - - Home » Destaque - - Sem Comentários

Coletiva com imprensa (Foto: Anderson Cleyverson)

Na manhã desta terça-feira (11), o prefeito Padre Eraldo (PSD) ao lado do vice, Gabriel Varjão, apresentaram em coletiva à imprensa, no Auditório do Centro de Saúde Dr. José Bandeira de Medeiros (Sesp) um balanço dos primeiros 100 dias à frente da administração do município de Delmiro Gouveia. Durante a coletiva, secretários e funcionários públicos municipais também participaram, na ocasião foi apresentado o novo conselho municipal do meio ambiente, responsável pelas questões ambientais no município.

Dando início a sua fala, Eraldo disse ter assumido a prefeitura em um dos momentos mais difíceis do município por conta da crise econômica e social encontrada em Delmiro.

Eraldo disse ainda que pegou a saúde do município com muitos problemas, mas que pretende em parceria com o governo do Estado investir o mais rápido possível no Hospital Antenor Serpa, pois só assim resolveria uma grande parte dos problemas de atendimento na saúde do município.

Sobre a polêmica taxa de iluminação pública, aprovada no dia 23 de março, em caráter urgentíssimo pela Câmara Municipal de Delmiro Gouveia, sem que houvesse antes uma audiência pública para debater com a população, Eraldo ressaltou a divida de quase R$ 11 milhões com a Eletrobras distribuição Alagoas, e disse que a mesma só será cobrada a partir de abril de 2018, podendo ter redução no valor da tarifa de acordo com o projeto, caso a prefeitura venha está em dias com vários setores econômicos.

O prefeito disse precisar reestruturar muitas coisas que a gestão anterior não teve compromisso de cumprir, como as quadras de esportes, escolas e creches do distrito de Barragem Leste, e que o governo municipal tem se movimentado muito em todas as áreas de saúde, educação e esportes.

Promessa de governo:

Questionado pelo repórter Fábio Guedes, da Rádio Comunitária Alternativa FM, sobre sua promessa de em 100 dias resolver a situação dos moradores das 369 Casas do bairro Caraibeirinhas, Eraldo disse achar que em 100 dias entregava as casas, porém não foi possível, mas se dependesse só do município entregaria.

“Eu achava que em 100 dias entregava as casas prontas, eu até contribuir, se dependesse só do município eu lhe garanto que entregaria, mas tinha gargalhos maiores, é uma situação muito grave.” Disse Eraldo.

Auditorias:

Em relação a Auditorias em algumas empresas que vinham prestando serviços ao município, como é o caso da empresa responsável pelo saneamento básico do bairro Pedra Velha, que Eraldo dizia em campanha que faria, o prefeito disse que os problemas enfrentados pela empresa não foi culpa dela e, sim do município, devido à gestão passada não ter dado a contrapartida de doação dos terrenos para a construção das estações elevatórias de tratamento de resíduos sólidos.

Eraldo disse ainda, haver um problema no cartório devido à falta de pagamento e citou a falta de um projeto para execução das obras, mas que uma equipe da secretaria de infraestrutura está acompanhando a legalização de cartório e terrenos, onde em breve essas obras serão resolvidas.

Deixe seu comentário ou dúvida que responderemos o mais breve possível.

Para: Sem citar números, Padre Eraldo faz balanço de seus primeiros 100 dias à frente da gestão municipal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: