Categorias

Páginas

PUBLICADE-WHATSAPP

Sindguarda-AL recusa proposta do PCC apresentado pelo prefeito Padre Eraldo

- Por: Marcos Maciel - - 3 de abril de 2017 | - 07:53 - - Home » Destaque - - Sem Comentários

Guardas Municipais durante a sessão de aprovação do PCC no plenário da Câmara (Foto: Marco Maciel/Arquivo-editoraguiamais)

O Sindicato dos Guardas Civis Municipais de Alagoas (Sindguarda-AL), recusou na manhã desta última sexta-feira (31) uma proposta apresentada pelo prefeito Padre Eraldo (PSD) para implantação do novo Plano de Cargos e Carreiras (PCC) dos Guardas Municipais de Delmiro Gouveia.

O Plano de Cargos e Carreiras dos servidores públicos municipais que compõem a guarda municipal de Delmiro Gouveia, foi aprovado no dia (17) de novembro do ano passado, ainda na gestão anterior. Porém com a justificativa de que a gestão passada não poderia deixar nenhum débito para a atual administração, em um prazo de até 180 dias antes do término de seu mandato, baseado na Lei de Responsabilidade Fiscal. O prefeito Padre Eraldo, decidiu invalidar o projeto.

No novo projeto, que tem como base o projeto anterior, o prefeito diminui de 5% para 3%, a graduação entre as classes, e oferece serviços de educação física e segurança para a categoria, retira 15% da graduação de nível superior, eleva o curso trabalhista de 20h, para 30h, além de passar para 1º de janeiro de 2018 o efeito financeiro, que de acordo com o projeto aprovado no ano passado, deveria ser implantado no dia 24 do mês de março deste ano, com o 1º pagamento para o final do mês de abril.

De acordo com o presidente do Sindguarda-AL  Carlos Pisca, uma contra-proposta foi apresentada ao prefeito, onde a categoria aceita o projeto apresentado pelo mesmo, com uma observação, que seja mantida a graduação de nível superior.

Ainda de acordo com Pisca, a categoria está aberta a negociação com o prefeito, que pediu 15 dias para avaliar a contra proposta apresentada pelo Sindguarda-AL.

Pisca disse ainda, acreditar na sensibilidade da gestão, e afirmou que a categoria está cedendo para não entrar em conflito, pois entende que precisa manter o dialogo aberto com o gestor, para discutir outras coisas de interesse da categoria.

Deixe seu comentário ou dúvida que responderemos o mais breve possível.

Para: Sindguarda-AL recusa proposta do PCC apresentado pelo prefeito Padre Eraldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: